Transplante capilar

O que é, técnica, como se faz, antes e depois, transplante feminino, preço, pós-operatório, resultados, idade, funções do cabelo.
injerto capilar insparya

O que é o transplante capilar?

O transplante capilar é um procedimento clínico minucioso, no qual são implantadas unidades foliculares provenientes das áreas doadoras (região occipital e lateral), nas áreas desejadas (habitualmente a frontal e superior), num processo que exige especialização e eficiência por parte das equipas médicas e de enfermagem intervenientes. O transplante capilar é o procedimento mais eficaz para o tratamento da calvície. Neste sentido, salientamos que a Insparya utiliza a tecnologia mais avançada, investe em programas de formação e treino contínuos e aposta na investigação, junto dos mais prestigiosos centros, nas áreas científica e tecnológica.

injertos insparya hair company

Na Insparya, orgulhamo-nos de contar com uma equipa médica com grande experiência no transplante de cabelo e pioneira na técnica FUE, um processo de transplante capilar inovador, seguro e eficaz.

A nossa equipa médica, sob a Cooredenação Clínica do médico Carlos Portinha, é constituída por profissionais de grande experiência nesta área, reconhecidos pelas sociedades mais prestigiadas do mundo, tanto a nível clínico como de investigação. Um exemplo disto é a nossa equipa de investigação no campo do transplante capilar com células estaminais.

Como será o dia da minha intervenção
  1. 9.30 - 11.00h
    Apresentação da equipa
  2. 11.00 - 12.00h
    Definição e avaliação da proposta
  3. 12.00 - 14.00h
    Extração de unidades foliculares + almoço
  4. 14.00 - 17.00h
    Incisão e implantação + lanche
tecnologia propia insparya
Follicular Unit Extraction
Transplante capilar com a técnica FUE

A técnica FUE (Follicular Unit Extraction) é o processo mais avançado de extração de unidades foliculares, cujos excelentes resultados ao longo dos últimos 15 anos têm vindo a confirmar tratar-se da melhor opção.

SAIBA MAIS
Transplante capilar: antes e depois

Muitas vezes, uma imagem vale mais que mil palavras e poder ver os resultados desta avançada técnica em imagens é a melhor forma de fazer uma ideia dos fantásticos resultados que é possível alcançar, sem qualquer tipo de dano (sendo os efeitos da extração pouco percetíveis) à área doadora.

É necessário ter em conta que todos os casos são únicos, com uma multiplicidade de fatores a entrar em jogo, como, a título de exemplo:

Como as possíveis causas de alopécia são muitas, é necessário que a situação particular de cada paciente seja avaliada por um médico com formação em tricologia, a partir da qual será determinado o melhor tratamento. Como regra geral, a opção mais eficaz para a resolução da alopécia consiste num transplante capilar.

Transplante capilar feminino
="timeline-item"

Como se faz um transplante de cabelo?

O transplante de cabelo é um procedimento que tem experimentado evoluções ao longo do tempo. Consiste num método que requer múltiplos passos bem definidos e no qual existem vários aspetos a ter em conta. Tais como:

– O cabelo é obtido por extração de unidades foliculares das áreas doadoras do couro cabeludo do paciente.

– Uma vez que o cabelo implantado pertence ao paciente, não existe risco de rejeição.

– Ao longo do procedimento, são respeitadas as características, necessidades, fisionomia e especificidades de cada pessoa.

– Toda a intervenção é indolor, graças à utilização de anestesia local.

É um procedimento de grande precisão, que permite obter unidades foliculares individuais, duplas, triplas ou com mais fios de cabelo, de acordo com as necessidades específicas de cada caso.

Quando a extração é realizada por uma equipa médica experiente, as unidades foliculares não são danificadas e a cicatrização é concluída em 3 – 4 dias, sem deixar qualquer marca muito visível na zona da intervenção.

O processo de transplante capilar divide-se em duas fases distintas: uma fase de extração e outra de implantação. Na fase de extração, tal como o nome sugere, as unidades foliculares são extraídas da área doadora, sendo que, na fase de implantação, são implantadas na zona desejada.

Fase de extração

Terminada a fase de anestesia, segue-se um período de aproximadamente 2 – 3 horas, durante o qual se procede à recolha das unidades foliculares, uma a uma. As unidades a extrair são escolhidas com base numa distância mínima a existir entre os pontos de extração. Estas unidades foliculares são cuidadosamente manipuladas e avaliadas, eliminando-se as que apresentarem danos, por serem inviáveis para o processo de transplante.

Fase de implantação

É nesta fase que se procede à implantação de todas as unidades foliculares saudáveis obtidas na etapa anterior. O processo de implantação é cuidadosamente calculado, tendo em conta que os cabelos se relacionam de forma tridimensional.

A naturalidade do aspeto final do cabelo transplantado, em particular da linha frontal, depende especialmente desta fase de implantação.

="timeline-item"

Quanto custa um transplante capilar?

Esta é, provavelmente, a pergunta de ouro colocada por qualquer pessoa com alopécia e que esteja a considerar um transplante de cabelo. Apesar de esta ser uma pergunta muito simples, a verdade é que a resposta não o é assim tanto. Historicamente, sempre se ouviu dizer que na Turquia se praticam preços realmente baixos (em grande parte devido às condições no país, que decidiu apostar neste setor). Não obstante, é necessário ter em conta que também aqui, como em tudo, existem pontos positivos e negativos.

Se está a considerar deslocar-se até à Turquia, seguramente que se perguntará: quanto custa um transplante capilar na Turquia? É importante recordar que é necessário ter em conta todos os aspetos que virão a mostrar-se fundamentais para o resultado final. O nosso conselho é não se deixar seduzir por preços reduzidos, dado que um transplante incorretamente realizado, infetado ou, simplesmente, um pós-operatório inadequado podem ter consequências fatais.

Por outro lado, o preço de um transplante capilar na Europa também diminuiu consideravelmente, graças aos níveis de competência, qualidade e produtividade atingidos nesta área.

O preço de um transplante capilar não é fácil de definir pelo simples facto de ser necessária uma pré-avaliação médica para determinar o tipo de alopécia, a viabilidade do transplante com base na área doadora, a sua densidade capilar, possíveis patologias, idade, sexo, etc. No entanto, podemos afirmar que se encontrará em redor dos 4.000 €.

="timeline-item"

Como é o pós-operatório de um transplante capilar?

O transplante capilar requer um pós-operatório, durante o qual existe a necessidade de ter alguns cuidados, no sentido de se conseguirem os melhores resultados possíveis após a intervenção. Alguns destes cuidados são:

– Repousar tanto quanto possível

– Não lavar a cabeça nos 3 primeiros dias

– Pulverizar a zona implantada com soro fisiológico durante os primeiros dias, de 20 em 20 minutos

– A partir do quarto dia, realizar uma lavagem para remover as crostas formadas na sequência do transplante capilar.

No nosso post intitulado ”como é o pós-operatório de um transplante capilar?” exploramos com maior detalhe os passos a seguir para obter um cabelo forte e espesso.

="timeline-item"

Quantos anos dura um transplante capilar?

Esta é uma das preocupações de qualquer futuro paciente, mas, na verdade, não existe motivo para alarme. Após a intervenção, mais de 95% das unidades foliculares conseguem estabelecer-se no couro cabeludo e, em virtude da sua predisposição genética para resistir, tal como as unidades foliculares da área doadora, perdurarão indefinidamente nas nossas cabeças.

Naturalmente, um bom cuidado do cabelo e do couro cabeludo terá como efeito o seu fortalecimento e a prevenção da queda, tal como o recurso a diferentes possíveis tratamentos capilares, muito úteis para este fim.

="timeline-item"

Praticamente qualquer momento da vida adulta pode ser adequado para a realização de um transplante capilar, sendo mais frequente a partir dos 30-40 anos, por vários motivos.

Mas, acima de tudo, porque este é o intervalo de idades em que começa a ser mais notório quem irá ser mais afetado por este problema com o passar dos anos. É a partir dos 30 anos que se começa a verificar uma queda de cabelo mais regular e contínua (em caso de alopécia), o que faz deste um bom momento para começar a avaliar a necessidade de uma intervenção.

Adicionalmente, nestas idades, ainda somos suficientemente jovens para manter uma área doadora substancial, o que será sempre um fator favorável.

="timeline-item"

Que funções desempenha o cabelo?

Se está a pensar se deverá ou não realizar um procedimento por considerar que o cabelo possui uma importante função estética, devemos recordar que esta não é a única: o cabelo também possui uma função protetora. Embora seja verdade que o cabelo nos define as feições, nos confere personalidade, faz-nos sentir bem connosco próprios e nos traz confiança na forma como nos relacionamos com os outros, não é menos verdade que cumpre uma função biológica elementar de proteção.

Protege o couro cabeludo de agressões ambientais como chuva, vento forte e especialmente das representadas pelo sol, cujos raios ultravioleta são passíveis de causar problemas tão graves como o cancro de pele.

background
IMPORTANTE SABER
  • OBTENÇÃO DO CABELO
    O cabelo é obtido por extração de unidades foliculares das áreas doadoras do couro cabeludo do paciente.
  • RISCO DE REJEIÇÃO
    Uma vez que o cabelo implantado pertence ao paciente, não existe risco de rejeição.
  • PERSONALIZAÇÃO
    Ao longo do procedimento, são respeitadas as características, necessidades, fisionomia e especificidades de cada pessoa.
  • PROVOCA DOR?
    Toda a intervenção é indolor, graças à utilização de anestesia local.
  • CICATRIZES
    Quando a extração é realizada por uma equipa médica experiente, as unidades foliculares não são danificadas e a cicatrização é concluída em 3 – 4 dias, sem deixar qualquer marca visível na zona da intervenção.
  • FASES DO PROCESSO
    FASE DE EXTRAÇÃO. Terminada a fase de anestesia, segue-se um período de aproximadamente 2 – 3 horas, durante o qual se procede à recolha das unidades foliculares, uma a uma. As unidades a extrair são escolhidas com base numa distância mínima a existir entre os pontos de extração. Estas unidades foliculares são cuidadosamente manipuladas e avaliadas, eliminando-se as que apresentarem danos, por serem inviáveis para o processo de transplante.

    FASE DE IMPLANTAÇÃO. É nesta fase que se procede à implantação de todas as unidades foliculares saudáveis obtidas na etapa anterior. O processo de implantação é cuidadosamente calculado, tendo em conta que os cabelos se relacionam de forma tridimensional.

background

Mais de 40.000 transplantes capilares avalizam a nossa experiência

A nossa missão é proporcionar ao paciente um serviço especializado e personalizado, com resultados definitivos.

Back to top of page